let's fly to neverland

home inbox postei Faq theme

c-a-n-a-r-i-o:

“As pessoas não se apaixonam muito hoje em dia, ninguém mais oferece moletons quando você está molhado. Elas preferem estudar, ganhar dinheiro e viver outras experiências. Faça uma enquete rápida e concluirá que quase ninguém crê no amor. Quanto mais você sabe da vida, menos você se apaixona. A paixão nasce da ignorância: quanto menos sei sobre você, e mais eu quero saber, mais vulnerável eu fico.”

Gabito Nunes.

1604
5114
17072
vintagesalt:

The Breakfast Club (1985)
359
545
"E se eu amar o que não me pertence? As partes mortificadas do meu amor que derramei àqueles que não souberam guardá-lo bem fundo no peito e que assim não deixaram fugir escapar morrer, como aviões em pleno voo, pássaros sedentos por uma agonia prazerosa no rosto abatido, gargantas pedintes por goles e mais goles e mais oceanos e mais crateras com água? Amo o que nunca me pertence: as partes nuas do deserto, os rapazes que desfilam coragem pelo mundo à procura de paz e chinelo rasteiro, pulseiras e colares; estes que se cansam e vão embora porque não ligam, na verdade, de deixarem para trás todo o embaraço, o embolo, a guerra mistificada por quem reverbera a palavra de deus mas não pratica. Amo estes, inúteis e irrelevantes, que se prendem às liberdades que, com tanta força, anunciam. Dizem assim sou livre sou livre e quando se vê, partem, partem-se, e deixam que o outro lado não exista mais. Invento histórias em minha cabeça de momentos que ainda não tive e sinto arrepio, náusea, gozo, alívio. Abraços ainda não recebidos e falas ocultas, pesadas, densas, perdidas pelos becos de são paulo, vindos de muito longe, perto, pertíssimo. Amo o que meus braços não alcançam por deficiência, porque arrancaram um pedaço no momento exato que geri esperança. Tomaram-me à força o amor. Lançaram feridas, coceiras, estrago. Amo o que, em meu segundo, é imodificável: os beijos amargos de quem não veio, as pausas para respirar e as manhãs de frio intenso quando o afeto passou por mim e não ficou."
— Floresinexatas. (via verseto)
55
4763
unwildly:

Prague. Taken by Dana ♥ Please don’t remove credit.
2151